eleições

Alan Barbiero defende integração de Palmas e unificação da cidade

Realizada em formato inovador, convenção também homologou Micheline Cavalcante como candidata a vice-prefeita e apresentou concorrentes a vereador

06/09/2020 21h33
Por: Redação
122

 

Oficializado como candidato a prefeito de Palmas na noite deste sábado, 5 de setembro, o ex-reitor da UFT (Universidade Federal do Tocantins) Alan Barbiero, 53, defendeu a integração da cidade, rompendo as barreiras físicas e sociais que separam a Capital. “Palmas é uma só! Precisamos de políticas de inclusão, de acesso à saúde, educação e oportunidades para todos. É necessário ouvir as pessoas e implantar projetos estruturantes”, ressaltou o candidato, ao propor a implantação de grande Parque da Integração aproveitando a enseada do lago que atravessa a ponte que liga o Sul ao Plano Diretor.

O evento ocorreu no Estacionamento dos Jogos Mundiais Indígenas, na Avenida Teotônio Segurado, ao lado do Bertaville, região Sul da Capital.

Realizada de modo inovador no sistema Drive-In, a convenção teve cerca de 500 veículos, confirmou Micheline Cavalcante, 43, doutora em ciências da Saúde, profissional de carreira da saúde do município de Palmas, como candidata a vice-prefeita e referendou 30 candidatos a vereador do partido.

Alan Barbiero conta com respaldo das direções estadual e nacional do partido para essa candidatura. Ele é engenheiro agrônomo, empresário, ex-deputado estadual, além de ter trabalhado como secretário municipal e estadual.

Para o candidato, a falta de oportunidades aos jovens de Palmas e a ausência de um plano de desenvolvimento econômico integrado com a educação vêm provocando a pior mazela que uma cidade pode ter: o aumento do número de assassinatos. “Infelizmente, a taxa de homicídio nos últimos dez anos cresceu absurdamente. Eram 14 assassinatos por 100 mil habitantes e agora são 33 por 100 mil habitantes. Tenho certeza que é por falta de oportunidade e o tráfico vai lá e pega os nossos jovens”, ressaltou Barbiero, ao destacar os números consolidados do Atlas da Violência de 2007 e 2017.

Barbiero defendeu a viabilização de um grande centro tecnológico e de inovação nas proximidades do aeroporto, para formação de startups e incubadora de empresa, que incluiria os jovens. O candidato também se mostrou muito preocupado com o meio ambiente, a falta de cuidado com as nascentes dos córregos de Palmas e a preservação do lago. “Eu sou apaixonado por este lago e temos que utilizá-lo de forma sustentável. Consigo enxergar campeonatos nacionais e internacionais de esportes náuticos e aquáticos, além do turismo principalmente da pesca esportiva”, afirmou Barbiero ao criticar a atual gestão que não tem projetos para Palmas e já demonstrou sua ineficiência. O candidato citou o exemplo que em plena pandemia o município de Palmas arrecadou de janeiro a agosto R$ 134 milhões a mais do que nos primeiros oito meses do ano passado e mesmo assim está deixando boa parte do comércio quebrar, além de quase 2 mil pessoas desempregadas conforme dados de do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) dos primeiros sete meses do ano.

A convenção contou com a presença do presidente estadual do Podemos, Ronaldo Dimas, e do coordenador do Podemos da Região Norte do País Murilo Alves de Oliveira. A presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu (SP), e o senador Álvaro Dias (PR), gravaram mensagem de respaldo a Alan Barbiero que foram exibidas no telão.

Dimas e Micheline

No seu discurso, Dimas ressaltou as qualidades de Alan Barbiero, destacando não ter qualquer dúvida de que o candidato do Podemos é o mais preparado para governar a Capital. Dimas disse que as pessoas precisam verificar em detalhes as fichas dos candidatos e evitar eleger quadros despreparados paras as funções públicas.

Dimas, que também é prefeito de Araguaína, maior cidade do interior do Estado, salientou que Alan Barbiero tem no planejamento a sua essência. “Quem sabe aonde quer chegar, consegue chegar e ter os recursos adequados para fazer. Não tem nenhum que chegue sequer perto das qualidades do Alan”, frisou.

Ao dar um histórico da vida pública de Alan Barbiero, Dimas citou o papel fundamental do agora candidato a prefeito na criação da UFT, principal instituição pública de ensino do Estado. Só durante os oito anos em que esteve à frente da universidade, 20 mil pessoas se formaram e passaram a ter uma carreira com curso superior.

Por sua vez, a candidata a vice Micheline ressaltou a importância de se cuidar da saúde das pessoas, defendendo uma melhor gestão para a área, inclusive com valorização dos profissionais. “Eu tenho certeza que nós vamos fazer diferente e muito melhor. Eu aceito o convite porque acredito nisso. Estamos preparados para o desafio de conduzir Palmas de forma ética e transparente”, argumentou.

Vereadores

O Podemos apresentou chapa completa de candidatos a vereador, com 30 postulantes. Destes concorrentes, nove são mulheres. (Da assessoria do candidato). 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.