Artigo de Opinião

Negacionismo:

a história e a psique explicam!

27/09/2020 18h16
Por: Ricardo Almeida
336

Se buscarmos a origem do termo “negacionismo” encontraremos que o termo vem do francês “négationnisme” e que é a negação da realidade, dos fatos, da ciência e com o intuito de se esquivar de algo desconfortável para o indivíduo ou uma causa.

Também iremos entender que esse termo foi proposto por Henry Rousso em 1987 para substituir o inadequado termo "revisionismo", pois alguns utilizavam o termo revisionismo para tentar defender a ideia que a história deveria ser revista ou reescrita, pois não correspondiam a “verdade”, esses “revisionistas” estavam ligados a extrema direita francesa e alemã que diziam que o holocausto não existiu.

Rousso então propôs a troca do termo, defendendo que negar a história jamais seria revisar a história, principalmente ao se negar fatos confirmados.

Se buscarmos na psicologia encontraremos diversos autores que explicam o “negacionismo” como uma forma de defesa de nosso cérebro. Para manter nossa saúde mental, usamos o “negacionismo” que em sua essência consiste em afastar uma determinada coisa seja ela um evento, ideia ou percepção do consciente, mantendo-a à distância no inconsciente, por ser algo potencialmente provocador de ansiedade.

Assim o “negacionismo” é o não aceitar a realidade posta e empiricamente confirmada pode ser um evento histórico, uma rejeição de conceitos básicos da ciência ou qualquer experiência ou fato que não agrade o indivíduo.

Desta forma, surgiram diversos tipos de “negacionismos”, primeiramente aqueles que fizeram surgir o termo os negacionistas do holocausto; os climáticos, aqueles que não acreditam nas alterações da natureza que possam afetar gravemente nossa sobrevivência na terra; os negacionistas da pandemia, que desde a gripe espanhola de 1918 não acreditam que um vírus pode causar a morte; o “negacionismo” da AIDS entre muitos outros.

Além da psique, existem outros motivos para o surgimento do “negacionismo” no indivíduo, como por exemplo crenças religiosas, posições políticas, falta de conhecimento e cognição em certas áreas, proveito próprio e ocasional entre outros.

O grande problema do “negacionismo” ao meu ver está ligado a dois pontos básicos a falta de conhecimento e a ética, desta forma, considero absolutamente desastrosa os efeitos causados por ele.

Infelizmente na época da pós-verdade, o “negacionismo” se junta as Fake News e ao discurso do ódio, afetando o dia a dia de todos nós. Ao invés de avançar vejo que o ser humano parece recuar na história e se aproximar novamente da idade das trevas... “Allons enfants de la Patrie” Oh, que saudade do Iluminismo e da idade das luzes!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Gurupi - TO
Atualizado às 15h24
36°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 24°
34°

Sensação

11.9 km/h

Vento

16.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
edital musicos
extravio livro
Municípios
dog center
DOG MASCARA 2
SENAC BANNER
BANNER FECOMERCIO 300X250
Últimas notícias
FÉCOMERCIO 2
DOG CENTER MASCARA 1
CLINICA
Mais lidas
FECOMERCIO 01
Anúncio