crime

PF cumpre mandado de prisão e busca e apreensão contra quadrilha suspeita de roubar benefícios

Quadrilha é suspeita de invadir contas bancárias digitais de pessoas que estavam recebendo o Auxílio Emergencial e furtar o dinheiro do benefício

30/09/2020 15h17
Por: Redação
21

Nesta quarta-feira, a Polícia Federal deflagrou a Operação  Fraudulenti Auxilium, que investiga quadrilha suspeita de invadir contas bancárias digitais de pessoas que estavam recebendo o Auxílio Emergencial e furtar o dinheiro do benefício. Os agentes cumpriram um mandando de prisão preventiva contra um casal em Paraíso do Tocantins e ainda seis ordens de busca e apreensão em Palmas e Formoso do Araguaia, além de Paraíso,

A investigação apontou que os suspeitos se ofereciam para prestar o serviço de requerimento administrativo do Auxílio Emergencial nos canais de acesso remoto da Caixa Econômica Federal. As vítimas entregavam seus dados pessoais para o cadastro e após a aprovação do benefício pagavam uma comissão de R$ 50 sobre a primeira parcela do benefício.

Depois disso, os valores totais das demais parcelas pagas pelo Governo Federal eram subtraídos pelos criminosos mediante pagamento de boletos, transferências e compras em cartão de débito e crédito. Após o golpe os criminosos interrompiam a comunicação com as vítimas e deixavam de responder as mensagens ou atender ligações.

O golpe só era descoberto após as pessoas procurarem a Caixa Econômica para tentar sacar as parcelas. Pelo menos duas vítimas foram identificadas, mas uma delas relatou que procurou os suspeitos após indicação de terceiros. Para a polícia isso indica a possibilidade de que os criminosos enganado um número indeterminado de indivíduos. Ainda não se sabe o valor do prejuízo causado. (com informações  do G1).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.