educação

Instituições de ensino superior debatem a implantação Centro de Desenvolvimento Regional no Sul do TO

O objetivo do encontro online foi discutir a Implantação do CDR em Gurupi por ser a cidade polo da Região Sul do Estado, que compreende 18 municípios

07/10/2020 15h21
Por: Redação
24

 

 A Universidade de Gurupi – UnirG, juntamente com o Instituto Federal do Tocantins (IFTO), em parceria com o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) realizaram na última semana o encontro de Desenvolvimento Regional Integrado que debateu a implantação do projeto Centro de Desenvolvimento Regional (CDR) na Região Sul do Tocantins.

Em ambiente online, a reunião contou com participação do prefeito Laurez Moreira, representantes do  governo, das universidades e do setor produtivo, assim como o Senador Izalci Lucas (PSDB-DF), presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado; o deputado federal de São Paulo, Vitor Lippi (PSDB-SP); o professor Paulo Barone, da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado; o Gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial do Sebrae, Paulo Miotta; e o reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, representando o segmento Academia do Tocantins; a diretora do CGEE, Regina Silvério; e a equipe do CDR Sul do Tocantins.

O objetivo do encontro online foi discutir a Implantação do CDR em Gurupi por ser a cidade polo da Região Sul do Estado, que compreende 18 municípios. O intuito foi buscar a sensibilização dos atores políticos institucionais para o conhecimento da estratégia integrada e cooperada da implantação do CDR. Segundo a Coordenadora do Programa Inova Gurupi, Adriana Terra, “o CDR Sul do Tocantins será implantado em estrutura de rede, nas Instituições de Ensino Superior que integram o programa Inova”, disse.

Representando o CGEE no evento, a diretora Regina Silvério apresentou o projeto CDR aos participantes. O projeto é uma demanda da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC) e tem como objetivo promover a inserção de Instituições de Ensino Superior (IES) em regiões brasileiras. “Esse programa busca não só criar novas instituições, mas também fortalecer as existentes. A vontade é mobilizar os atores políticos da região e somar os esforços e recursos para que o CDR se torne uma política pública, para desenvolver toda a região”, destacou.

Para o Prefeito Laurez, o CDR tem uma importância muito grande para fomentar o desenvolvimento regional e destaca o potencial de Gurupi como município indutor de desenvolvimento. “Gurupi por sua economia e localização geográfica estratégica, no Centro do Brasil, é fundamental para o desenvolvimento do Tocantins. Por isso acreditamos e estamos dispostos a colaborar com a implantação do CDR, pois é uma iniciativa que fortalecerá e dará um direcionamento ainda melhor para as forças produtivas da nossa região”, afirmou.

Projeto CDR

O CGEE desenvolve o projeto Centros de Desenvolvimento Regional (CDR) com o objetivo de articular as instituições de educação superior e CT&I na base do território para, em conjunto com os atores locais, definir estratégias e projetos inovadores para o desenvolvimento das respectivas regiões. São parceiros nesse projeto as instituições de educação superior (IES) e instituições de ciência, tecnologia e inovação (ICT), além do governo federal, através dos estados e municípios, e a sociedade civil. (Com informações da Secom Gurupi). 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.