crime

Candidato a prefeito de Palmeirópolis está na lista dos que receberam indevidamente o auxílio emergencial

Com um patrimônio informado ao TSE acima de R$ 1 milhão, o candidato a prefeito de Palmeirópolis, Wlisses Barros, recebeu o auxílio emergencial de R$ 600.

06/11/2020 23h55
Por: Redação
47

Com a pandemia do novo coronavírus muitas pessoas perderam os empregos, autônomos não tiveram como manter as atividades e para ajudar estas pessoas a atravessar a crise financeira,  o governo federal liberou um auxílio emergencial no valor de R$ 600 , e após alguns meses caiu para R$ 300.

O problema é que diversas pessoas que não necessitavam da quantia se cadastraram para o recebimento, entre elas, políticos. Nesta sexta-feira, 06, o  Tribunal de Contas da União divulgou a lista dos nomes de candidatos das eleições municipais que receberam o auxílio emergencial sem se enquadrarem nos requisitos. Na lista consta o nome de um candidato do Tocantins: Wlisses Barros (MDB), que tenta ser prefeito de Palmeirópolis. O candidato informou ao TSE uma declaração de patrimônio de R$ 1.181.200.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.