Luto

A ex-primeira-dama do Tocantins Dona Aureny Siqueira Campos morre em Brasília

Políticos e entidades lamentam o falecimento e lembram a generosidade de Dona Aureny

13/11/2020 15h49
Por: Redação
64

A ex-primeira-dama do Tocantins Dona Aureny Siqueira Campos, 96 anos, morreu  na noite dessa quinta-feira, 12 em Brasília.  A informação foi dada pelo filho dela, o deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (DEM), nas redes sociais. Segundo ele, Dona Aureny faleceu vítima de uma insuficiência respiratória aguda.

Ela foi casada por mais de 40 anos com o ex-governador Siqueira Campos, com quem teve seis filhos.

O governador Mauro Carlesse decretou luto oficial em todo o Estado, por três dias. Ele manifestou pesar pelo o  ocorrido.

O prefeito de Gurupi, Laurez Moreira também lamentou o falecimento e disse que ela contribuiu significamente no desenvolvimento do Tocantins, por meio do seu trabalho social. Conforme ele, Dona Aureny deixa um legado de trabalho, amor, cuidado e dedicação ao próximo, em especial, aos  mais carentes.

 

 Nota de pesar

Com profundo pesar, recebi a notícia do falecimento de dona Aureny Siqueira Campos, ex-primeira-dama do Estado do Tocantins. A morte de dona Aureny aconteceu na noite dessa quinta-feira, 12, em sua residência em Brasília.

Dona Aureny ficará marcada nas mentes e nos corações dos tocantinenses pelo cuidado, atenção e carinho com que sempre tratou a todos, principalmente aqueles que mais precisavam. Dona Aureny escreveu seu nome na história do Tocantins, ajudou a implantar o Estado e a construir Palmas, tanto que foi homenageada pelos próprios moradores e viu seu nome batizar quatro bairros da Capital.

O Tocantins perde uma de suas maiores referências. Exemplo máximo de amor, respeito e delicadeza. Dona Aureny estará eternamente no coração de todos nós.

Nesse momento de comoção, rogo a Deus para que conforte os filhos, familiares e amigos.

Mauro Carlesse

Governador do Estado do Tocantins

-

É com profundo pesar, que o gabinete do deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (DEM), comunica o falecimento, da mãe do deputado, Dona Aureny Siqueira Campos, 96 anos, ocorrido na noite desta quinta-feira, 12, às 21h59 em Brasília, vítima de uma insuficiência respiratória.

Dona Aureny como é conhecida, foi a primeira mulher a ocupar a função de primeira dama do Tocantins. Na região sul de Palmas, em sua homenagem quatro bairros receberam seu nome, Aurenys I,II,II e IV.

Dona Aureny, foi uma primeira dama muito querida e desenvolveu vários programas sociais, como os Pioneiros Mirins. Muito atuante, prestativa e de um coração generoso, que viu na ação social sua parcela de contribuição na criação do Tocantins, criando e acompanhando programas que beneficiaram tanto as famílias já residentes quanto as que chegavam, sempre com o mesmo sentimento de atenção e carinho. Sem dúvidas deixou seu legado, mostrando-se sempre uma mulher muito presente, e ativa na construção da Capital Palmas, e na consolidação do Estado do Tocantins.

Neste momento doloroso, prestamos nossas condolências, nos solidarizamos com toda a família e rogamos para que o nosso Pai conforte o coração de todos.

Gabinete do Deputado Estadual Eduardo Siqueira Campos

-

Foi com muito pesar e tristeza que recebi a notícia da morte de Dona Aureny Siqueira Campos ocorrida nesta quinta-feira,12.

Dona Aureny foi primeira-dama do nosso Estado, e junto com outros pioneiros, teve importante contribuição na criação do Tocantins.

Dona Aureny dedicou grande parte de sua vida realizando trabalhos sociais. Querida por todos que conheceram sua história, teve quatro bairros de Palmas batizados com seu nome.

Dona Aureny sempre será lembrada. Peço a Deus, em sua infinita bondade que neste momento de tamanha tristeza conforte o coração dos familiares e amigos, principalmente do deputado Eduardo Siqueira Campos, ex-companheiro de parlamento.

Wanderlei Barbosa

Vice-governador do Tocantins

-

"É com profunda tristeza que recebemos a notícia do falecimento da ex primeira dama do Estado do Tocantins, senhora Aureny Siqueira Campos, ocorrido na noite desta quinta-feira (12). Dona Aureny, tinha 96 anos e se dedicou a cuidar dos pioneiros que chegaram para construir na nossa capital, tanto que importantes bairros da região sul de Palmas receberam o nome dela como homenagem. Sua simplicidade e sua humildade serão sempre lembradas por todos nós. Neste momento de tristeza e despedida, manifesto meu pesar aos familiares e amigos, em especial ao Deputado Estadual Eduardo Siqueira Campos, filho de Dona Aureny. Rogamos à Deus que reconforte todos que sofrem e que acolha esta admirável senhora sob seu manto sagrado."

Diretoria executiva do Sebrae Tocantins

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.