REIVINDICAÇÕES

Médicos reúnem-se com Josi Nunes, Gleidson Nato e secretário Edgar Tollini

A prefeita prometeu estudar com sua equipe visando atender os pedidos a partir de sua posse

03/12/2020 22h37
Por: Redação
128
Reunião aconteceu nesta quinta (03) / Foto: Ascom Josi
Reunião aconteceu nesta quinta (03) / Foto: Ascom Josi

Médicos que atuam na UPA - Unidade de Pronto Atendimento de Gurupi reuniram-se nesta quinta-feira (03) em Gurupi com a prefeita eleita, Josi Nunes, e com o vice-prefeito eleito, Gleidson Nato. A reunião aconteceu às 19h no Espaço Rosemberg e contou com a presença do secretário estadual de Saúde, Edgar Tollini.

A médica Andreia Bastos foi uma das que relatou a situação por que passa o sistema de saúde, tanto município quanto do Estado. Ela realçou a falta de estrutura do sistema e as deficiências para atender os usuários do SUS - Sistema Único de Saúde. Mais de 20 médicos se fizeram presentes. Eles fizeram muitas sugestões com vista às melhorias para o início da gestão de Josi e Gleidson.

Para os médicos, o Plano Plurianual de Saúde tem que ser bem planejado para atender melhor tanto quem irá para a Unidade de Pronto Atendimento, quanto para os que serão encaminhados para hospital Regional. É preciso aplicar os recursos com mais equilíbrio, indicam os profissionais.

Entre as reivindicações apresentadas estão o reajuste dos salários para os médicos que atuam no SAMU e também para os que atuam nos plantões da UPA. Eles solicitaram cursos de atualização; informatização do sistema para agilizar o atendimento nos plantões. Para os médicos, é necessário que a prefeitura contrate pediatras para atender na UPA; um aparelho de Raio X; um eletrocardiograma para as emergências, e medicações de uso diário, que, segundo os médicos, geralmente está em falta.

Um dos médicos solicitou ainda que sejam construídos na UPA repousos médicos com banheiro. Segundo ele, os médicos de plantão têm que usar o mesmo banheiro dos pacientes, o que atrapalha tanto o serviço quanto os próprios pacientes. O serviço de segurança na UPA também foi uma das solicitações, além de um circuito interno de TV.

Josi Nunes levou a reivindicação dos profissionais e se comprometeu que a partir de sua posse terá um tratamento especial para as questões relatadas e reivindicações feitas.

Por fim, ela solicitou "em nome da população de Gurupi" que os profissionais retornem ao trabalho e concluam o trabalho até o dia 31 de dezembro. Os plantonistas da UPA deixaram de prestar serviço no dia 1º de dezembro.

Logo após o pedido de Josi para que os médicos retornassem os plantões chegou a informação de que havia sido dada uma liminar em favor da prefeitura de Gurupi. Os médicos devem reunir-se amanhã, mas o indicativo é de que eles cumprirão a decisão do juiz Nassib Cleto Mamud.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.