ATRASO

Funcionários de UTI's COVID reclamam pelo atraso no pagamento de salários

Instituto terceirizado para o atendimento de UTI’s afirma que aguarda o repasse do recurso para pagar cumprir compromissos

13/01/2021 07h20Atualizado há 2 dias
Por: Redação
100

Trabalhadores do ISAC – Instituto Saúde e Cidadania que atuam em Gurupi informaram que os salários estão a atrasados. Situação idêntica já havia sido relatada no mês de dezembro passado. O ISAC está gerenciando os leitos das Unidades de Terapia Intensiva para pacientes com covid-19 nos hospitais regionais de Araguaína e Gurupi, bem como, no Hospital Geral de Palmas.

Segundo a Nota enviada pelo ISAC, os pagamentos só podem ser feitos com recursos específicos daquele projeto. Por exemplo: o dinheiro que foi pago pelos serviços prestados em Araguaína, só pode ser empregado para os compromissos daquele contrato. Não é possível fazer de outra forma.

Nesta terça-feira (12) o ISAC enviou nota informando que ainda aguarda o repasse do governo do Estado para cumprir os compromissos, incluindo aí, o salário dos trabalhadores. Informou ainda que em dezembro o repasse foi parcial.

Um trabalhador que atua na UTI de Gurupi informou que a situação da maioria é de penúria. “Tem muitas pessoas aqui que têm apenas esse vínculo (trabalho) e é a única forma de ganhar o pão”, disse, pedindo para não ser identificado.

Confira a seguir a Nota de Esclarecimento do ISAC

 

NOTA

O ISAC - Instituto Saúde e Cidadania informa que está aguardando o repasse da Secretaria de Saúde do Tocantins referente às competências de novembro e dezembro, para efetuar o pagamento dos colaboradores que estão atuando nas UTIs Covid-19 nos hospitais regionais de Gurupi e Araguaína, assim como no Hospital Geral de Palmas.

Em dezembro, o ISAC recebeu um repasse parcial referente à competência de novembro, que possibilitou o pagamento da folha. Desde então, aguarda novo repasse e quando confirmado o crédito em conta, o pagamento dos profissionais, referente à competência de dezembro, será realizado de imediato.

O ISAC lamenta o atraso ocorrido, afinal, o seu compromisso é de pagar em dia todos os profissionais. De forma que se solidariza com os colaboradores e lembra que, por se tratar de recuso público para gestão específica por projeto, só pode efetuar o pagamento com recurso do contrato. 

Para cada projeto que o ISAC gerencia é aberta uma conta específica e apenas os recursos do próprio contrato podem ser usados para pagamentos e manutenção do serviço. Por uma questão legal, o ISAC é proibido de usar o recurso de outro contrato para pagar as despesas, inclusive de pessoal.

 

Nota de esclarecimento - Secretária de Saúde do Estado do Tocantins

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que recebeu a prestação de contas do Instituto Saúde e Cidadania (ISAC), a qual está sob análise da equipe técnica da Pasta, para posterior repasse financeiro.

Palmas, 13 de janeiro de 2021

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.