REIVINDIAÇÕES

Requerimentos da Professora Dona Norah são aprovados pela Câmara de Lagoa da Confusão

Vereadora busca atender aos anseios da comunidade lagoense

03/02/2021 10h51Atualizado há 4 semanas
Por: Redação
Fonte: Zacarias Martins
794

Na sessão  ordinária da Câmara Municipal de Lagoa da Confusão, realizada na terça-feira (2), foram aprovados três requerimentos de autoria da vereadora Professora Dona  Norah (Solidariedade), endereçados ao prefeito Thiago Carlos.

Na primeira propositura apresentada, a parlamentar solicita providências ao Chefe do Executivo Municipal para que seja providenciada o quanto antes, o serviço de manutenção  da caixa d’água localizada na Aldeia na Aldeia Santa Izabel do Morro, para atender a uma justa e oportuna reivindicação dos indígenas que ali residem e que sofrem para conseguir a água que necessitam,  especialmente, para as tarefas domésticas. A vereadora informou que  a caixa d’água se encontra rachada e aquela comunidade está se utilizando de baldes e garrafas para buscarem o tão precioso líquido.

Revisão de impostos

A vereadora Professora Dona  Norah  também solicitou ao prefeito para que seja revisto os altos valores  dos impostos  cobrados , adequando-os à realidade do município. Ele defende, ainda, um revisão dos valores venais dos imóveis, de uma forma mais justa e que não penalize ainda mais o contribuinte lagoense, especialmente, nesse período de pandemia, onde a situação financeira  dos moradores se agravou e muitos moradores  de Lagoa da Confusão passam por sérias dificuldades para sobreviver.

Matinha

Preocupada em buscar mecanismos que possibilitem revitalizar a orla da lagoa, a vereador propôs ao prefeito Thiago Carlos para que determine que seja refeito o   alambrado que circunda a matinha, bem como, a limpeza do local para que as pessoas possam voltar a utilizar aquela área de lazer. Professora Dona  Norah 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.