LIMPA FOSSA

Polícia ambiental flagra empresa jogando dejetos ao ar livre

Homem responsável foi preso e lavrada uma multa de R$ 10 mil

16/03/2021 00h29
Por: Redação
147

Um homem foi preso na tarde desta segunda-feira (15) e foi multado em R$10.000,00 (dez mil reais). O fato aconteceu no interior do município de Cariri do Tocantins e foi enquadrado como crime contra o meio ambiente.

Segundo informações da equipe do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, a equipe estava fazendo um patrulhamento de fiscalização ambiental na região, quando passava pela Rodovia BR 153, sentindo Norte/Sul, entre os municípios de Cariri e Figueirópolis, se deparou com um caminhão limpa fossa com emplacamento da cidade de Crixas-GO.

O caminhão, segundo os policiais, entrou em uma estrada vicinal que dá acesso a Fazenda Santa Helena. Os policiais acompanharam esse movimento para averiguação. Logo em seguida, a equipe flagrou os dois homens jogando os dejetos que estavam no caminhão ao solo e a céu aberto.

O lançamento dos resíduos provenientes da coleta do trabalho de limpa fossa não obedecia às exigências estabelecidas na legislação ambiental, tampouco as medidas de precaução aos riscos de poluição aos regimes hídricos e do solo. Com isso, a equipe deu voz de prisão a um homem de 49 anos, responsável pela empresa com sede na cidade de Goiás-GO, autuou administrativamente a empresa no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) e o conduziu a Central de Flagrantes da Polícia Civil de Gurupi-TO, onde foi realizado o Auto de Prisão em Flagrante em conformidade com Art 54 parágrafo 2°, inciso V da Lei Federal 9.605/98 e Art 62 inciso V do Decreto Federal 6.514/08.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.