FALECIMENTO

Sady Pigatto é mais uma vítima da Covid-19

Sady, de 80 anos, era professor aposentado da UnirG, advogado e ex-conselheiro federal da OAB

16/03/2021 23h48Atualizado há 4 semanas
Por: Redação
457
Sady Pigatto é natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul
Sady Pigatto é natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul

O professor universitário aposentado, ex-conselheiro federal da OAB e advogado, Sady Pigatto, faleceu na noite desta terça-feira (16) em Gurupi.

Sady estava internado há uma semana no Hospital Regional de Gurupi, e é mais uma vítima da Covid-19.

Segundo o filho de Sady, o ex-Procurador Geral da Prefeitura de Gurupi, advogado Marcelo Pigatto, tanto o pai quanto a mãe, Maria Helena Prevedello Pigatto, contraíram a doença há pouco mais de uma semana.

Maria Helena ainda está na UTI da Unimed. Sady, segundo Marcelo, não estava em situação tão grave inicialmente, tanto que recebeu os primeiros atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento. Sady foi um dos pacientes que acabou transferido da UPA para o Regional, fato ocorrido na quarta-feira da semana passada.

Além de Marcelo, Sady e Maria Helena são pais da professora e psicóloga Ana Paula Pigatto. A família se mudou do Rio Grande do Sul para Gurupi em 1988, ano de criação do Estado.

A OAB do Tocantins publicou nota de pesar pela perda do ilustre associado.

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins recebeu a notícia do falecimento do advogado Sady Antônio Boessio Pigatto em decorrência de Covid-19.

O advogado Sady Pigatto militou na cidade de Gurupi TO, exerceu os cargos de Conselheiro Estadual de Educação e de Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil contribuindo de forma inestimável para a edificacao da história da advocacia tocantinense e da OAB-TO.

Rogamos a Deus que neste momento de dor possa confortar os corações da família, amigos e todos que tiveram o privilégio de conhece-lo como referência da advocacia e da nossa instituição.

Janay Garcia, Presidenteem exercício da OAB/TO

Gedeon Pitaluga Júnior, Presidenteda OAB/TO

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.