TRANSPORTE COLETIVO

Mais de 82% dos que participaram disseram que usariam o serviço em Gurupi

Tema foi debatido durante audiência pública online

09/04/2021 13h23Atualizado há 4 semanas
Por: Redação
66

Na noite desta quinta-feira (08), a Prefeitura de Gurupi, por meio da Agência Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT), promoveu uma audiência pública online em que foi debatido o transporte coletivo na zona urbana da cidade. Na oportunidade foram apresentadas demandas e um projeto de viabilidade técnica e econômica para a prestação do serviço no município.

 

Participaram da audiência autoridades como a Prefeita de Gurupi, Josi Nunes, o presidente da AMTT, Sargento Jenilson, o secretário municipal de Infraestrutura Thiago Barros, o secretário municipal de Planejamento e Finanças Lucas Lemes, os vereadores Débora Ribeiro, Davi Abrantes, Ronaldo Lira e Leda Perini. A audiência teve transmissão online pelas redes sociais da Prefeitura de Gurupi e pôde ser acompanhada pela população, empresários, engenheiros e técnicos especialistas no assunto, comunidade estudantil e sociedade civil organizada.  

 

Para o Sargento Jenilson, a audiência teve um saldo positivo. “Ficamos muito satisfeitos com a participação popular, em especial das comunidades usuárias do sistema de transporte público e alguns empresários interessados nessa nova proposta de concessão do transporte coletivo para nossa cidade”, disse.

 

Jenilson ainda comentou sobre quais serão os próximos passos após a realização da audiência. “Encaminhar o Projeto de Regularização do Serviço de Transporte Público a Câmara Municipal e após aprovação iniciar processo de licitação da Concessão Pública. Acreditamos que se tivermos empresas interessadas e não houver atrasos regimentais, teremos um serviço público de qualidade até setembro desse ano”, afirmou, concluindo que na próxima semana já encaminhará o PL à Câmara de Vereadores. 

 

Na sua participação, a prefeita Josi Nunes ressaltou que o transporte público é extrema importante para a comunidade gurupiense. “Entre as grandes necessidades do cidadão gurupiense está o transporte coletivo, há um clamor da comunidade para a prestação deste serviço, e o tema está dentro do nosso plano de governo. Estamos unindo município, população e empresários para viabilizar e ofertar este serviço de grande relevância”, destacou.

 

Propostas

Durante a audiência foram apresentadas algumas propostas iniciais da Prefeitura de Gurupi. Entre elas a construção de um Centro de Integração próximo a atual rodoviária da cidade para fornecer uma ligação entre todas as rotas da cidade; Isenção de Imposto Sobre Serviços (ISS) a empresa prestadora do serviço; Regulamentação das Legislações sobre transporte coletivo; Reforma e ampliação dos pontos de ônibus; e instituir o bilhete único pelo prazo de 02 horas para que o usuário utilize diversas viagens dentro do sistema de transportes.

 

Consulta pública

Antes da realização da audiência, a AMTT realizou uma consulta pública durante 15 dias para ouvir e colher sugestões dos usuários e comunidade gurupiense em geral, para apresentar soluções conforme as respostas dos munícipes.  A consulta teve participação de 218 pessoas.

O questionário coletou dados importantes como por exemplo, sobre a utilização do transporte coletivo nos últimos 10 anos. 69,3% utilizaram o serviço na última década. Também foi apontado que 82,6% utilizariam o transporte público com melhores condições (veículos modernos, confortáveis e climatizados) e que 87,6% aprovariam a implantação de um bilhete único pelo prazo de 02 horas para ser utilizado em veículos diferentes durante uma interligação de rotas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.