saúde

Ministério Público questiona Secretário de Saúde sobre falta de medicamentos oncológicos

O secretário estadual da Saúde, Edgar Tolline, deverá prestar informações e as providências acerca da falta de medicamentos de alto custo para o tratamento oncológico

27/05/2021 23h05
Por: Redação
41

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Araguaína, oficiou, na última quarta-feira, 26, o secretário estadual da Saúde, Edgar Tolline, a prestar informações e as providências acerca da falta de medicamentos de alto custo para o tratamento oncológico aos pacientes em tratamento na UNACON - Araguaína , que é gerida pela empresa Oncoradium (Centro Integrado de Tratamento Oncológico).

 

A constatação do MPTO é de que os fármacos “Octreotida” e “Abirterona”, ambos pertencentes ao grupo de medicamentos de alto custo, de responsabilidade da SES, estão em falta, segundo informações da Oncoradium, que em resposta ao ofício da promotoria de Justiça, explicou que os pedidos mensais dos pacientes e a quantidade exata estão sendo direcionados à coordenação de Farmácia do Hospital Regional de Araguaína, a qual encaminha o pedido à SES para atendimento da demanda.

O prazo para o secretário encaminhar as informações requisitadas é de três dias

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.