De olho em 2021

Em visita ao Sudeste, Dimas debate a falta de um hospital de referência

O ex-prefeito de Araguaína e ex-deputado federal também ouviu reclamações sobre a falta de investimentos em segurança pública e baixo desempenho da economia regional

02/06/2021 15h59
Por: Redação
22

A construção de um hospital de referência equipado com UTIs foi a principal reivindicação das lideranças da região Sudeste ao pré-candidato ao governo do Tocantins Ronaldo Dimas (Podemos) em visita a quatro cidades nesta semana. O ex-prefeito de Araguaína e ex-deputado federal também ouviu reclamações sobre a falta de investimentos em segurança pública e baixo desempenho da economia regional, apesar de todo o potencial para agropecuária, mineração e turismo. Dimas, que é presidente estadual do Podemos, iniciou as visitas por Rio da Conceição e encerrou em Natividade que estava completando 287 anos, passando ainda por Dianópolis e Porto Alegre do Tocantins.

Em reunião com o prefeito José Salomão (PT), o vice-prefeito Aurélio Antônio (PSD), e os vereadores do Podemos de Dianópolis (Júnior Trindade e Marcelo Rodrigues), Dimas disse que a cidade precisa se tornar referência “de verdade” para região e não uma referência fictícia. “Há décadas ouço falar da necessidade deste hospital e não é algo difícil de se fazer, basta ver como conseguimos executar o novo Hospital Municipal de Araguaína, com técnicas modernas de construção em tempo recorde. Este compromisso eu posso assumir com tranquilidade com a comunidade”, explicou Dimas. O presidente do Podemos ainda

Em Rio da Conceição, Dimas se mostrou encantado com as belezas naturais, mas também ouviu que o turismo ainda não acontece na sua plenitude na região: “Faltam estradas para os turistas e para os produtores da região da Garganta. É muita gente trabalhando na raça”. Na cidade, ele se reuniu com a prefeita Edinalva Alves (PT) e o ex-prefeito Edmar do Chapéu, esposo da atual gestora e que governou a cidade por oito anos. Dimas se encontrou ainda com os vereadores da cidade.

Esse mesmo diagnóstico de abandono Ronaldo Dimas teve quando visitou o projeto de fruticultura Manoel Alves, reunindo com um grupo de agricultores familiares que se queixaram da falta de assistência técnica, máquinas e muitas dificuldades para comercialização.

Segundo Ronaldo Dimas, o agronegócio está acontecendo no Tocantins apesar da ausência de apoio do governo, mas quando as coisas ocorrem dessa forma, “apenas os grandes se beneficiam e os pequenos ficam para trás”.

O prefeito de Porto Alegre, Renan Cerqueira (PL), a vice-prefeita Edvam Pereira (PSD) e um grupo de vereadores da cidade se queixaram da ausência total de policiamento na cidade e lamentaram não haver nenhuma agroindústria comunitária para beneficiar as frutas do projeto Manoel Alves. Dimas destacou que a partir das demandas que tem ouvido vai construir um plano de governo para o Estado e também um plano para cada cidade. “Estamos coletando dados e imagens técnicas para apontar algumas soluções locais orientando os prefeitos na elaboração de projetos e na captação de recursos, aproveitando a nossa experiência de Araguaína.

Natividade

Dimas encerrou esta sua passagem pelo Sudeste em Natividade, participando, a convite do prefeito Dr.Thiago Jayme (PP), do evento (respeitando as regras sanitárias) de comemoração ao aniversário da cidade, uma live com artistas locais em frente à igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Dimas, acompanhado de sua esposa Vânia, testemunhou a força da cultura local e ouviu demandas do prefeito e dos moradores. O presidente do Podemos também se reuniu com empresários e lideranças de vários partidos durante sua passagem pela cidade, alertando os líderes para que se mobilizem para assegurar que o trajeto da nova Ferrovia Leste-Oeste que vai cruzar o Brasil a partir da Bahia, passe o mais próximo possível de Natividade para favorecer a mineração e a agropecuária. Entre os líderes que se encontraram com Dimas, estava Dr. Haroldo. O suplente de deputado estadual Elmar Borges (Cenourão) acompanha a agenda.

O presidente do Podemos ainda seguiu para Almas e na quinta-feira, 3 de junho, vai a Porto Nacional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.