condenação

Homem que matou namorada é condenado a 14 anos de prisão

Ele foi considerado culpado por feminicídio, ocultação de cadáver e corrupção de menores, mas teve a pena reduzida por ter menos de 21 anos na época do crime e ter confessado

09/06/2021 21h55Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
63

Nesta quarta-feira, 09, o réu Mário Breno Rodrigues Lopes foi condenado a 14 anos de prisão pelo assassinato da namorada, Adriana Silva Sales de Souza, de 20 anos, ocorrido em fevereiro de 2020. O corpo dela foi encontrado no rio Gurupi.

 Ele foi considerado culpado por feminicídio, ocultação de cadáver e corrupção de menores, mas teve a pena reduzida por ter menos de 21 anos na época do crime e ter confessado.

Conforme as investigações, Adriana Silva foi esfaqueada e morta por asfixia na cabine de um caminhão, após ser atraída pelo namorado por meio de uma mensagem de celular que dizia que queria conversar com ela. Adriana foi ao encontro do rapaz e morta, com a ajuda do irmão de Mario, menor de idade.  

 O menor cumprirá medida socioeducativa por 3 anos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.