Música

Projeto "Ronaldo Teixeira Em Sonoras Parcerias", de Ronaldo Teixeira, será realizado no Tocantins pelo Edital de Música da Lei Aldir Blanc

Projeto prevê a gravação de 10 músicas com cantores tocantinenses

01/10/2021 18h46
Por: Redação
Ronaldo Teixeira (E) e Dorivã - Arquivo pessoal
Ronaldo Teixeira (E) e Dorivã - Arquivo pessoal

Gravar músicas autorais inéditas em parcerias e regravar canções também com parceiros com novos intérpretes. Essa é a proposta do projeto “Ronaldo Teixeira em Sonoras Parcerias”, de autoria do poeta, escritor, jornalista e gestor cultural Ronaldo Teixeira, um dos aprovados no Edital de Música da Lei Aldir Blanc no Tocantins. Serão 10 músicas a serem gravadas por grandes nomes da cena musical tocantinense, como Genésio Tocantins, Dorivã, Chico Chokolate, Keila Lipe, entre outros, com disponibilização gratuita das faixas numa plataforma musical virtual e show coletivo de lançamento em novembro desse ano em Palmas, capital. Mais informações pelo telefone (63) 9 9230-3182 ou pelo e-mail [email protected].

 

O projeto “Ronaldo Teixeira Em Sonoras Parcerias” prevê a gravação de 10 (dez) músicas, parcerias do poeta, compositor e jornalista, Ronaldo Coelho Teixeira com artistas de renome da cena musical tocantinense, a exemplo de Genésio Tocantins, Dorivã, Chico Chokolate, Paulo Albuquerque, Mara Rita, entre outros. Sendo algumas regravações com novos arranjos e novos intérpretes, e outras inéditas a serem gravadas pela primeira vez, com o propósito de resgate da Música Popular Tocantinense, já que o projeto pretende disponibilizar essas gravações de forma gratuita em uma plataforma musical virtual.

 

De acordo com Ronaldo Teixeira, a proposta é “regravar as canções mais antigas como "Atômico", (Ronaldo Teixeira/Chico Chokolate), gravada por este último em seu primeiro CD de estreia "Roda Magia" (1999); "Fragmentos de Rio" (Ronaldo Teixeira/Paulo Albuquerque), gravada por este último no seu CD também de estreia "Em Tempo" (2000), e "Feira de Cá", (Ronaldo Teixeira/Dorivã/Paulo Albuquerque/Chico Chokolate/Antonio Roveroni), gravada duas vezes, uma por Chico Chokolate no CD coletânea "Assim Canta Palmas" e outra por Dorivã, no seu CD "Taquarulua", dentre outras, com novos arranjos e novos intérpretes. E também gravar as músicas que ainda se encontram inéditas, como "Olhe Pra Mim" (Ronaldo Teixeira/Paulo Albuquerque/Antonio Roveroni), por Paulo Albuquerque; "Elegia do Cerrado", (Ronaldo Teixeira/Dorivã), a ser gravada por Dorivã; e "Trem do Futuro" (Ronaldo Teixeira/Genésio Tocantins), a ser gravada por Genésio Tocantins, dentre outras canções”, destacou o proponente.

 

Ainda de acordo com Teixeira, participarão do Projeto os cantores Genésio Tocantins; Dorivã; Mara Rita, Keila Lipe, Matheus Mancine, e Diomar Naves, todos de Palmas; e Paulo Albuquerque, Chico Chokolate, Mayara Peres, e João Bolo, estes de Gurupi.

 

Além da disponibilização gratuita das músicas, o projeto prevê ainda um show de lançamento em Palmas (TO), num local aberto e com acesso gratuito. “Pela participação, cada intérprete receberá cachê em dinheiro para a gravação da voz e ainda participarão do show de lançamento. Uma forma de se atender o edital Lei Aldir Blanc, ou seja, pulverizar o montante financeiro pretendido no projeto, entre uma das classes artísticas que mais foram prejudicadas nessa pandemia, ou seja, os profissionais da música no Estado”, finalizou Teixeira.

 

Ronaldo Teixeira

Ronaldo Coelho Teixeira, poeta, escritor e jornalista cearense, radicado no Tocantins. Por quatro (04) vezes foi ganhador da Bolsa Maximiano da Matta Teixeira, do Governo do Tocantins (inclusive, o último edital ProCultura, de 2013, ainda não pago pelo Estado), formatando, ele mesmo, todos os projetos literários de sua autoria, como Visuautoretrato, sobre a vida e obra do artista plástico Mauro Cunha (In Memorian), que ficou como suplente (https://central3.to.gov.br/arquivo/276254/) e Agenda Tocantina 2015 (https://central3.to.gov.br/arquivo/276266/); Formatou e emplacou outros projetos em outras áreas para diversos artistas, como de Música, do cantor e compositor Dorivã “Folia Dourada” – Gravação de CD de Música (https://central3.to.gov.br/arquivo/276224/) e também de Chiquinho Chokolate. Formatou o Projeto Meninos do São João, do cantor Dorivã, no edital Itaú/Unicef 2015/2016, que chegou a ser finalista em Goiânia, Goiás. (https://premioitauunicef.cenpec.org.br/finalista-e-semi/11a-edicao-2015-2016-semifinalistas/); formatou o projeto "Feira de Cá - Keila Lipe Interpreta Sucessos Tocantinenses nas Feiras de Palmas", aprovado no Promic 2019; e também o projeto "Chico Fran Entre Amigos", do referido cantor e compositor, aprovado no edital de Música da Lei Aldir Blanc no Tocantins. Realizou, entre abril e agosto deste ano, na capital, o projeto “Circuito Oficineiro – Oficina de Formatação de Projetos Culturais”, aprovado no PromiC 2019 da Prefeitura de Palmas, via Fundação Cultural. Atualmente realiza o projeto “Antologia Tocantina 2021 – José Gomes Sobrinho, aprovado no Edital de Literatura da Lei Aldir Blanc no Tocantins.

 

Participou ativamente do movimento cultural em Gurupi e no Estado do Tocantins, desde à época de Goiás, atuando como conselheiro municipal de Cultura e presidente da Associação de Artes de Gurupi (AAG). Atuou como coordenador de Arte e Cultura na Fundação Cultural de Gurupi e depois Secretaria Municipal de Cultura de Gurupi, entre 2005 e 2012, quando formatava e realizava projetos culturais dos mais diversos, como festivais de música, concursos de poesia, festejos juninos, fóruns municipais e intermunicipais de Cultura. Inclusive, emplacou um financiamento a fundo perdido de R$ 110 mil reais junto ao Governo Federal, para aquisição de equipamentos e instrumentos musicais para a Fundação Cultural de Gurupi em 2010, por meio da plataforma Siconv.

 

Lei Aldir Blanc no Tocantins

A Lei Aldir Blanc (Projeto de Lei 1.075/2020) objetivou aos municípios a possibilidade de gerarem renda mensal emergencial de R$ 600 aos trabalhadores do setor, subsídios para a manutenção de espaços artístico-culturais e a promoção de instrumentos como editais e prêmios, entre outros. O montante aplicado pelo Ministério do Turismo por meio da Secretaria Especial da Cultura - mas não utillizado por todos os municípios brasileiros, infelizmente - é algo inédito na história dos investimentos públicos na área da Cultura, além de representar um auxílio extremamente necessário aos agentes da Cultura nesse momento de pandemia. Foram R$ 3 bilhões em recursos para todo o país. Para o Tocantins, o repasse foi de R$ 35.137.985,22, segundo o Governo do Tocantins, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), disponível no link https://adetuc.to.gov.br/noticia/2020/10/7/conselho-de-politica-cultural-discute-edital-estadual--para-acesso-aos-recursos-da-lei-aldir-blanc/.

 

Serviço

O quê: Projeto "Ronaldo Teixeira Em Sonoras Parcerias", de Ronaldo Teixeira, será realizado no Tocantins pelo Edital de Música da Lei Aldir Blanc

Como: realização de gravação e regravação de 10 músicas por 10 intérpretes tocantinenses para disponibilização gratuita numa plataforma musical virtual

Onde: Palmas, Tocantins

Quando: Produção musical e arranjos – outubro/21; gravação em estúdio – novembro/21; disponibilização das músicas online e show de lançamento em Palmas (TO) – dezembro/21; prestação de contas – fevereiro/21

Informações: (63) 9 9230-3182 / [email protected]

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.