Fiscalização

TCE realiza auditoria para apurar possíveis irregularidades na gestão do Plansaúde

Ação do Tribunal de Contas segue as diretrizes do Plano Anual de Auditorias e Fiscalização da Corte

16/11/2021 23h34Atualizado há 2 semanas
Por: Redação

O Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) começou nesta terça-feira, 16, os trabalhos da Auditoria de Regularidade para apurar os atos de gestão do Plano de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado do Tocantins (Plansaúde), atualmente denominado ‘Servir’, que é vinculado a Secretaria da Administração (Secad/TO). O objetivo é verificar possíveis irregularidades na administração dos recursos no período de janeiro a outubro de 2021.    

As apurações, que estão alinhadas ao Plano Anual de Auditorias e Fiscalização da Corte de Contas aprovado em plenário, incluirão a análise de pontos como: se os repasses da contribuição patronal do Plano de Saúde foram feitos respeitando os prazos devidos; se existe algum tipo de favorecimento na realização de pagamentos relativos aos produtos fornecidos e serviços prestados; entre outros temas que possam surgir durante a realização da auditoria.

A Portaria 509/2021 publicada no Boletim Oficial do TCE desta terça-feira, 16, já definiu a equipe que fará a apuração dos dados na realização da Auditoria de Regularidade, que tem como autor do pedido o conselheiro Severiano Costandrade, titular da Quarta Relatoria da Corte e responsável pelo acompanhamento dos trabalhos da Secad e do Fundo de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Tocantins (Funsaúde). Os trabalhos já começaram e o relatório final deve ser apresentado na segunda quinzena de dezembro.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.