CRIME

Furtos de fios da rede de iluminação pública geram prejuízos em Gurupi

O cidadão pode ligar diretamente na PM, pelo 190, ou no WhatsApp da Secretaria, no 3315-0078

18/11/2021 09h35
Por: Redação
Avenida completamente no escuro
Avenida completamente no escuro

O furto de fios da rede de iluminação pública é um crime recorrente em Gurupi. Os ladrões miram o cobre que compõe esse material. Porém, além dos transtornos aos consumidores dos serviços de energia, que ficam no escuro, o furto de fios da rede elétrica também ocasiona prejuízos para o município e para toda a sociedade.

Neste ano, somente de janeiro até a primeira quinzena de novembro, várias ocorrências deste tipo de crime foram registradas pela Prefeitura de Gurupi junto à Polícia Civil. Os furtos já geraram um prejuízo de aproximadamente R$ 106.778,74, recursos que foram utilizados na compra de materiais elétricos e em reparos na rede de iluminação pública.

“Infelizmente os furtos têm sido constantes e quem paga a conta é a população. Pois, a Prefeitura, através da Secretaria de Infraestrutura, deixa de investir no melhoramento da iluminação pública e até mesmo na ampliação do parque luminotécnico no município para poder refazer a fiação nos pontos que foram alvo dos criminosos”, declarou o diretor de Iluminação Pública, Welerson Xavier.

Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil, que realiza uma força-tarefa de investigação constante focada nos receptadores destes materiais. A pena por receptação qualificada no exercício da atividade comercial ou crime contra o patrimônio público, varia de 3 a 8 anos, segundo o Código Penal.

Prevenção 

O poder público também trabalha com o objetivo de coibir a ocorrência dos furtos de fios elétricos. Em fevereiro, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, por meio da Diretoria de Iluminação Pública, iniciou a lacração de todas as caixas de passagens e também o travamento dos fios elétricos de ponta a ponta dentro dos eletrodutos PEAD. Esse trabalho tem se estendido em todos os locais que possuem caixas de passagem e cabeamento subterrâneo, por onde passa a fiação.

Também está sendo discutida uma ação conjunta de combate ao crime organizado, em parceria com o 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A Secretaria de Infraestrutura planeja realizar um projeto de segurança em parceria com a PM, além da ronda noturna e diária que já tem sido realizada pelos militares. “A PM sugeriu e apresentou algumas medidas a serem tomadas para evitar futuros crimes, dentre elas, ir nas localidades afetadas para dialogar com moradores informando como proceder em situações de furtos e quando houver movimentações suspeitas de pessoas mal-intencionadas nestes pontos”, afirmou Thiago Barros, secretário de Infraestrutura de Gurupi.

Segundo o comandante do 4º BPM, Tenente Coronel Wesley Dias Costa, a corporação iniciou a instalação de mais 15 câmeras, Speed John, em pontos estratégicos da cidade, além das existentes, trazendo assim mais segurança para a população na intenção de diminuir as ações dos vândalos e criminosos.

Denúncias 

A Secretaria de Infraestrutura pede a colaboração da comunidade para que denuncie, caso observe movimentações estranhas e suspeitas próximo às caixas de passagens, praças, obras, prédios públicos e fiações elétricas da rede de iluminação pública.

(Por Marina Xavier; Fotos: Lino Vargas – Secom Gurupi)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.