EDUCAÇÃO EM FOCO

Servidores da educação de Tocantínia participam de formação sobre primeiros socorros

A formação foi ministrada com ensinamentos teóricos e práticos de forma que permitiu o aprendizado dessas técnicas com maior aproveitamento. Os temas abordados neste primeiro encontro foram: Suporte básico de vida, convulsão, desmaio/vertigem e engasgo.

01/05/2022 12h49
Por: Redação
Fonte: Leontina Martins

Primeiros socorros são intervenções que devem ser feitas de maneira rápida, logo após o acidente ou mal súbito, que visam a evitar o agravamento do problema até que um serviço especializado de atendimento chegue até o local. Essas intervenções são muito importantes, pois podem evitar complicações e até mesmo evitar a morte de um indivíduo.

Por isso, a Prefeitura de Tocantínia por em meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceira com o Lions Clube,  e  a Universidade Federal do Tocantins (UFT),  que desenvolve o Projeto de Extensão IRIS, bem como,   a Liga da Enfermagem promoveram na manhã do dia 30 de abril uma riquíssima formação em Primeiros Socorros para os profissionais da Educação.

As atividades dessa formação aconteceram nas dependências da Escola Municipal de Educação Infantil Tereza Hilário Ribeiro e contemplaram motoristas do transporte escolar, monitores escolares e do transporte escolar, coordenadores pedagógicos, gestores escolares e professores.

O secretário de Educação de Tocantínia, professor André Goveia explicou que essa formação tem por objetivo atender o que rege a Lei Lucas,  que estabelece a obrigatoriedade da capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

A formação foi ministrada com ensinamentos teóricos e práticos de forma que permitiu  o aprendizado dessas técnicas com maior aproveitamento. Os temas abordados neste primeiro encontro foram: Suporte básico de vida, convulsão, desmaio/vertigem e engasgo.

Projeto Iris

O Internato Integrado em Saúde (Iris) é um projeto de extensão da UFT que tem o objetivo de envolver os acadêmicos na realidade social dos municípios, promovendo ações de saúde, assistência social e educação para a comunidade e para uma formação multidimensional dos estudantes. Nesse projeto, sete cursos de graduação estão envolvidos: Medicina, Enfermagem, Nutrição, Serviço Social, Psicologia, Educação Física e Teatro.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.