oportunidade

Estado abre chamamento público para contratação imediata de médicos

Medida visa suprir a necessidade urgente das 17 unidades hospitalares geridas pelo Governo do Tocantins.

02/05/2022 10h06
Por: Redação

Com a necessidade urgente de suprir as escalas médicas nos hospitais de sua gestão, o Governo do Tocantins abriu chamamento público de médicos interessados em firmar contrato temporário com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A Portaria Nº 281/2022 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), na sexta-feira, 29. 

A SES oferece vagas para as especialidades de cardiologia clínica e cirúrgica, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, clínica médica, ginecologia, hematologia, imaginologia, ortopedia, nefrologia, neurologia cirúrgica, pediatria, pneumologia, psiquiatria, vascular. As oportunidades estão distribuídas para as 17 unidades hospitalares geridas pelo Governo do Tocantins.

Segundo o titular da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Afonso Piva, “precisamos com urgência destes profissionais, pois temos uma demanda grande, dispomos de equipamentos e espaço físico para o funcionamento dos serviços, mas sem os profissionais não há possibilidade de realizar os atendimentos”, destacou o gestor.

O superintendente de Gestão Profissional e Educação na Saúde, Carlos Felinto Júnior, explica que os interessados podem enviar currículo, em formato PDF, para o e-mail [email protected] ou comparecer ao setor de recursos humanos da SES, em Palmas, esplanada das Secretarias, Praça dos Girassóis.

Outras informações podem ser obtidas na Diretoria de Gestão Profissional da SES, nos seguintes telefones: (63) 3218-1744 / 3242/2706/1740.

Pediatras/UTI

A SES ainda continua com vagas abertas para pediatras interessados em atuar na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital Geral de Palmas. A contratação permitirá a abertura de mais 10 leitos de UTI infantil que já estão prontos e equipados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.