investimentos

Governo assina ordem de serviço para reforma de escolas estaduais de Gurupi

Serão reformadas o Colégio Militar Presidente Costa e Silva e o CEM Bom Jesus.

03/05/2022 16h19
Por: Redação

Dando continuidade à agenda governamental em Gurupi nesta terça-feira, 03, o governador Vanderlei Barbosa, assinou a ordem de serviço para a reforma do Colégio Militar do Estado do Tocantins Presidente Costa e Silva e do Centro de Ensino Médio Bom Jesus. 

Para o governador é importante oferecer um ambiente saudável para os estudantes, e o ambiente escolar deve ser um espaço pedagógico, mas também para a cultura, esporte, lazer e as duas escolas serão reformadas para melhorar as condições para os professores, profissionais e alunos. “Estamos juntos para fazer uma educação cada vez melhor”.

A reforma do Colégio Militar Presidente Costa e Silva custará mais de R$ 3 milhões que serão investidos na reforma e adequação dos banheiros, refeitórios, das salas de aulas, troca do piso, reforma da cobertura, melhorias na parte elétrica e acessibilidade, implantação do Projeto de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico (PPCIP) e do posto de transformação 150kva, pintura geral e paisagismo.

A prefeita Josi Nunes acompanhou a agenda do chefe do executivo estadual e destacou que as ações lançadas pelo governo beneficiam a comunidade gurupiense. “São ações importantes para a educação. As crianças que saem da rede municipal vêm para a estadual e precisam de uma estrutura adequada, tranquila, com tecnologia, para que o processo de aprendizagem se complete. Estamos aqui agradecendo todas essas obras importantes na nossa cidade”, disse.

Durante a solenidade, a Senadora Kátia Abreu, anunciou a destinação de recursos, para serem empenhados em junho, para a aquisição de 720 computadores e 40 impressoras para os 18 polos de Educação a Distância “Não queremos nenhum menino atrasado na informática e tecnologia”, disse ao justificar o recurso para a compra dos equipamentos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.