entretenimento

Estado tem 24 horas para se manifestar sobre o pedido de suspensão do show de Wesley Safadão

O show foi contatado por 630 mil e será pago com recursos de emendas parlamentares.

11/05/2022 16h10
Por: Redação

A justiça estipulou um prazo de 24 horas ao governo do Tocantins para se manifestar sobre o pedido de suspensão do show do cantor Wesley Safadão, marcado para esta quinta-feira, 12, como parte da programação da Agrotins. O pedido de suspensão foi apresentado pelo Ministério Público.

O show foi contatado por 630 mil e será pago com recursos de emendas parlamentares.

Na petição, o promotor de Justiça Vinícius de Oliveira e Silva sustenta que o Estado deve se abster de realizar qualquer pagamento referente ao show, diante da situação das prioridades de investimento nas áreas da educação e saúde.

Segundo ele, algumas decisões judiciais estão sendo descumpridas, a título de exemplo, as decisões da área da saúde que dizem respeito à neurologia, UTI Neonatal, cirurgias ortopédicas, urologia, leitos de UTI, parto e nascimento – rede cegonha, cardiopatias congênitas em recém-nascidos e procedimentos oncológicos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.