atuação

Ministério Público vai acompanhar as investigações sobre o caso do laboratório clandestino

O Promotor de Justiça, Thiago Ribeiro Franco Vilela, compareceu ao local, para fazer uma fiscalização após a operação da Polícia Civil.

12/05/2022 10h34
Por: Redação

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 19ª Promotoria de Justiça da capital, instaurou procedimento administrativo para acompanhar as investigações acerca da situação de laboratório de análises clínicas que atuava em situação precária e irregular, em Palmas. A empresa foi alvo de operação da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira, 11. 

A atuação é do promotor de Justiça da área da saúde, Thiago Ribeiro Franco Vilela, titular da 19ª Promotoria. Ele compareceu nesta quarta, no local, para fazer uma fiscalização após a operação da Polícia Civil.

De acordo com ele, o laboratório armazenava várias amostras em materiais inapropriados como recipientes de paçoca e detergentes.

De acordo com Vilela, o Ministério Público vai aguardar o desfecho da operação e tomar providências no tocante ao serviço de saúde prestado e aos pacientes prejudicados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.