Audiovisual

Graziela Cortez, presidente do Utambor, fala sobre produção do Palavras de Curumim - Vídeos Animados

Projeto aprovado no Edital do Basa será lançado no dia 19 de maio

12/05/2022 17h25
Por: Redação
Graziela Cortez - Divulgação
Graziela Cortez - Divulgação

O Projeto “Palavras de Curumim – Vídeos Animados”, proposto pelo Instituto Arte Educacional Utambor, de Palmas (TO), tem, na sua direção, a mão de Graziela Cortez, socióloga e presidente do Instituto. Aprovado no Edital do Banco da Amazônia (Basa), conta com a participação especial do cantor e compositor Dorivã – popularmente conhecido como Passarim do Jalapão – na autoria das duas músicas que terão a produção de dois vídeos de animação: “Riozinho dos Azuis” e “Bonequinha Ritxòkò”, com produção visual do artista Olumi. A previsão é de que ambos os vídeos sejam disponibilizados gratuitamente no canal do YouTube do projeto às 15h do dia 19 de maio desse ano, no Cine Cultura do Espaço Cultural, que fica na 302 Sul, Av. Joaquim Teotônio Segurado, s/n – Plano Diretor Sul – Palmas (TO). Mais informações podem ser obtidas via e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp (63) 9 9230-3182.

 

De acordo com Graziela Cortez, a importância do Projeto em vídeos é atingir a criançada, já que ele é composto por um livro e CD “Palavras de Curumim”, patrocinado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), da Fundação Cultural de Palmas (FCP), e lançado em fevereiro último. “O livro já é dirigido para elas de uma forma simplificada, mais acolhedora, com linguagem que traz os elementos da nossa terra, do nosso lugar, também para fortalecer esse sentimento de pertencimento. A canção já apresenta uma outra vertente artística que é mais lúdica ainda, que tem ritmo, que tem som, que pode dançar, que a mensagem textual também está contida na letra da canção. Agora, todos juntos, com movimento, que é isso que o vídeo vai trazer, é uma forma ainda mais abrangente da criança acessar e receber essa mensagem que o livro quer transmitir, com alegria, que irá mostrar parte dos atrativos turísticos e culturais do nosso estado (Tocantins), como o Jalapão, o Cantão, a Ilha do Bananal, o rio Azuis. Vai evidenciar a importância da cultura indígena tendo como protagonista uma criança indígena, trata de flora e fauna porque traz os passarinhos, os peixes, a bicharada da Ilha do Bananal, as florezinhas do cerrado. Imagina a graça disso, tudo reunido, com os vídeos em movimento. Então, o Palavras de Curumim pretende ser um projeto que alcance as crianças em todas as suas áreas de interesse, a escrita, a leitura, a pintura, o colorido, a musicalidade e agora a visão, o movimento dos desenhos criados para esse trabalho”, ressaltou a socióloga.

 

Ainda de acordo com a presidente do Utambor, “A importância de instituições como o Basa apostarem em projetos como esse é que estão dando margem aos artistas a criarem, a darem voz, darem som, darem um visual para suas mensagens, seus jeitos de verem a vida, nesse caso específico, o jeito de mostrarem o Tocantins para o público infantil, então o Basa aposta em um projeto inovador, não tem nada assim voltado para a criança, com essa temática regionalista. Você irá encontrar livros e talvez músicas dirigidas para as crianças, mas livro, música, vídeo, tudo dentro do mesmo projeto, eu ainda não conheço nenhum outro. O Basa está imprimindo o seu carimbo, o seu selo em um projeto cultural que tem muito a contribuir para com a história do Tocantins, contada para as crianças daquele período em que está se formando mesmo, a primeira infância. E também é um material riquíssimo para professores, para as pessoas que coordenam projetos culturais e sociais, que a gente não percebe que tem esse material nas escolas, o professor precisa fazer muita pesquisa e depender muito do gosto dele, daquilo que ele aprecia, para poder também entrar com projetos diferenciados com suas turmas e poder trabalhar essas questões. Então, é uma ferramenta de grande utilidade para o professor”, destacou Graziela Cortez.

 

O Projeto – Palavras de Curumim – Vídeos Animados reúne o trabalho da socióloga e presidente do Instituto Utambor, Graziela Cortez; do cantor e compositor Dorivã; do ilustrador Olumi; um elenco de músicos conduzidos por Fred Garibalde; além de um coral infantil composto de nove crianças, sob o comando do maestro Heitor Oliveira.

 

Graziela Cortez – Natural de Porto Nacional (TO), é produtora cultural, bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Possui MBA em Gerenciamento de Projetos Governamentais pela Fundação Getúlio Vargas e Universidade do Tocantins (FGV/UNITINS), foi conselheira estadual de Cultura do Estado do Tocantins por três mandatos, Presidente do Instituto Arte Educacional Utambor. Voluntária no Ponto de Cultura Meninos do São João, projeto percussivo para crianças sediado em Palmas (TO), Diretora Executiva do Projeto “Música de Expressão Tocantinense” pelas escolas e ruas de Palmas (TO).

 

Instituto Utambor – Instituição sem fins lucrativos que tem como presidente a socióloga Graziela Cortez, foi criada em 18 de fevereiro de 2008, com o objetivo de trabalhar arte, cultura e cidadania nas escolas do campo em Palmas e no Estado do Tocantins. Principais projetos/atividades desenvolvidos:

2011 – Implanta na Escola de Tempo Integral - ETI Marcos Freire, o projeto percussivo Meninos do São João, que se torna Ponto de Cultura e passa a integrar a rede de pontos de cultura de Palmas por meio do Ministério da Cultura e Fundação Cultural de Palmas;

2013 – Passa a integrar a rede de pontos rurais da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura;

2015 – Participa do circuito Amazônia das artes com o show, Passarim do Jalapão pelo Sesc Tocantins;

2016 – Contemplada no Edital Basa com a circulação do espetáculo Meninos do São João pelas escolas de campo do município de Palmas (TO);

Finalista do Prêmio ITAÚ/UNICEF 2016 que promove parceria entre organizações da sociedade civil e escolas públicas no desenvolvimento de projetos socioeducativos que contribuam com as políticas públicas de educação integral para crianças, adolescentes e jovens em condições de vulnerabilidade socioeconômica, pelo Projeto Meninos do São João;

Executa o Projeto “Chão de Estrelas” onde o cantor e compositor Dorivã se apresenta com o show “As canções de Caymmi” com Dorivã e Félix Jr em turnê por Palmas, Porto Nacional, Gurupi e Paraiso do Tocantins em agosto de 2017)

Parceiro no projeto de residência corporal “O Corpo Brinca” com execução e realização na Escola Municipal Anne Frank em 2017;

2017 – Aprovado no Edital PROMIC/2017 com o Projeto “Música de Expressão Tocantinense pelas Escolas e Praças de Palmas”, executado em 2018;

Realização da II Edição do Encontro Percussivo em Palmas – Tocantins;

2018 – Implanta o Projeto “Meninos de Luzis” na Escola Municipal Jacinto Bispo Arantes no Distrito de Luzimangues, município de Porto Nacional (TO);

Aprovado o Show Passarim do Jalapão para duas apresentações na sala Plínio Marcos da Funarte em Brasília (DF);

Aprovado em edital da Caixa com o show “Passarins Amazônicos” com apresentações no Rio de Janeiro (RJ), em 2019;

2019 – Aprovado no Edital Promic, da Prefeitura de Palmas (TO), com o Projeto “Palavras de Curumim, uma viagem pelo Tocantins em textos, ilustrações e canções”;

Aprovado em edital do Basa com o projeto “Palavras de Curumim, vídeos animados”.

 

Serviço

O quê: Graziela Cortez fala sobre projeto “Palavras de Curumim – Vídeos Animados”, aprovado no Edital do Basa

Como: Realização de dois vídeos de animação pelo Instituto Utambor para disponibilização gratuita

Onde: Cine Cultura do Espaço Cultural de Palmas-TO (302 Sul, Av. Joaquim Teotônio Segurado, s/n – Plano Diretor Sul – Palmas/Canal do Palavras de Curumim no YouTube

Quando: 19 de maio de 2022

Horário: 15h

 

Informações: (63) 9 9230-3182 / [email protected]

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.