GURUPI

Fiscais fazem mais uma operação de rotina contra comércio de ambulantes

Laurez critica políticos que usam o fato para aparecer politicamente: “Não têm escrúpulos”

11/05/2020 18h20
Por: Redação
268

Os boletins sobre infecção pelo novo coronavirus em Gurupi mostram claramente que vem crescendo o número de pessoas infectadas. Isto reforça a necessidade de adotar atitudes preventivas. E dentre todas as ações, a mais citada pelas autoridades sanitárias de todo o mundo é o isolamento social.

Neste sentido, mesmo reconhecendo a gravidade por que passa e ainda vai passar a economia, não resta às autoridades outra alternativa que não seja impor restrições determinando fechamento de comércios e serviços em situações mais graves, ou estabelecendo horários alternativos para o funcionamento, como é o caso de Gurupi.

Para o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, a prioridade de sua gestão neste momento é a preservação da saúde da população. Segundo ele, nenhum gestor consciente de suas responsabilidades pode adotar outra atitude que não seja a de restringir a presença das pessoas nas ruas.

Fiscais trabalhando

Na tarde desta segunda-feira, fiscais da prefeitura recolheram mercadorias de ambulantes que insistem em descumprir a orientação da prefeitura para ficar em casa. A Avenida Goiás, entre ruas 4 e 6, é um dos locais preferidos destes comerciantes. A atividade, além de irregular neste local, pois contraria a legislação municipal, tem como característica aglomerar e congestionar o trânsito para as pessoas que se deslocam sobre a calçada, algo muito perigoso nos dias atuais. As gestões municipais, inclusive, desde a metade dos anos 90 vêm se esforçando para dar dignidade aos ambulantes, investindo em espaços, construídos com os recursos públicos, especialmente para eles.

O fiscal de Posturas e Edificações do município, Henrique Veras, disse à reportagem do Jornal Cocktail que este tipo de fiscalização é rotina. “Não é só por causa da epidemia, mas é também por isso. A presença destes ambulantes atrai pessoas para a rua; os materiais ficam expostos, acumulando todo tipo de sujeira. Isto também preocupa quando se pensa na possibilidade de contaminação”, disse Veras.

Além disso, comenta o fiscal Veras, os comerciantes legalmente estabelecidos ficam no prejuízo se a prefeitura se omite em casos como este. “Os lojistas pagam seus impostos e têm que se sujeitar aos decretos que regulam o funcionamento neste período de pandemia”, questiona Veras, “enquanto os ambulantes não têm esse compromisso.

“A hora de fazer política vai chegar”

A ação dos Fiscais de Posturas do município não tardou a ganhar as redes sociais. Políticos que fazem oposição à administração da cidade, numa clara demonstração de que o importante é tentar capitalizar politicamente em qualquer oportunidade, mesmo que isso possa significar a perda de vidas humanas, foram à avenida para ‘levar apoio’ aos ambulantes.

“Eu não posso aceitar essa atitude, são políticos que não têm escrúpulos. Não dá para ficar usando as pessoas humildes com o objetivo de tirar proveito político. Há um esforço do governo federal em ajudar os ambulantes, pequenos empresários e desempregados; o dinheiro da ajuda está chegando. Peço a estes políticos que tenham um pouco de paciência, a hora de fazer campanha vai chegar”, criticou Laurez Moreira.

Boletim Covid-19 desta segunda-feira

O Comitê Gestor de prevenção ao coronavírus em Gurupi informou que até as 11 horas desta segunda-feira, 11 de maio de 2020, foram confirmados mais 04 casos de Covid-19 no Município. São dois homens de 28 e 54 anos e duas mulheres de 13 e 27 anos, que receberam resultado positivo do Laboratório Central do Estado – LACEN. Todos os 04 novos casos estão em isolamento domiciliar e apresentam sintomas leves da doença.

 

Outro teste de caminhoneiro foi confirmado como positivo, porém não será contabilizado em Gurupi por se tratar de um paciente de 61 anos residente do Estado do Pará. Com isso Gurupi chega a 36 casos confirmados de Covid-19 e deste total, 06 já estão curados.

 

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foram feitos 15 testes SWAB em 11 mulheres e 04 homens. Todos os casos suspeitos estão em isolamento domiciliar sob monitoramento da Vigilância Epidemiológica e aguardam o resultado dos testes enviados ao LACEN. Na UPA também foram feitos 06 testes rápidos e todos deram negativo para Covid-19. O Município recebeu do LACEN outros 11 resultados negativos de Covid-19 nesta segunda-feira.

 

Com isso Gurupi contabiliza, até o momento, 308 casos descartados e 15 casos suspeitos aguardando resultado do LACEN.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que 02 dos pacientes confirmados com Covid-19 em Gurupi estão internados. Um homem de 37 anos com estado de saúde moderado em hospital particular e uma mulher de 66 anos em estado grave que foi transferida para o Hospital Geral de Palmas (HGP).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.