Gurupi

Pisoni quer resgatar carnaval das famílias que consagrou Gurupi

Com críticas sobre atual formato da festa, pré-candidato defende “resgate dos melhores tempos” para favorecer economia

22/05/2024 17h34
Por: Redação

"Quem viveu a época dos carnavais de Gurupi em que a cidade parava e os hotéis lotavam, sabe do que estou falando. Precisamos resgatar o carnaval que Gurupi já teve: reunir todos no playground, acabar com a excessiva quantidade de camarotes, começar a festa mais cedo. Eu lembro de levar meus primos de dez anos para a rua porque o carnaval começava às sete, oito horas da noite. Hoje, começa a uma da manhã e nenhum pai de família vai para a rua nesse horário. Precisamos voltar ao conceito antigo para trazer as famílias para a festa. Repensar o carnaval é essencial para Gurupi”, opinou o pré-candidato a prefeito de Gurupi, Cristiano Pisoni (PSDB), ao falar da tradicional festa gurupiense. 

A cidade de Gurupi, no sul do Tocantins é reconhecida pelos carnavais que já fizeram história e costumavam atrair foliões de todo o estado e de todo o Brasil. Defensor do pensamento de que ideias impopulares são reconhecidas mais tarde como as melhores soluções, Pisoni trouxe a proposta de resgatar um pouco do que era a tradicional festa. “Precisamos atrair pessoas para a cidade, atrair quem queira gastar dinheiro. Isso pode ser feito através do carnaval, mas para isso, é preciso repensar os formatos porque, atualmente, o carnaval não atrai as pessoas”, pontuou ele, que diz ter certa preocupação com altos gastos do município voltados para o carnaval em detrimento de outros projetos importantes, como na área do Esporte. 

O pré-candidato, que também é empresário e administrador, enumerou outras maneiras de criar atrativos para a cidade que fortalecer a economia, além do carnaval. "Para comparação: a feira Agro360 lotou os hotéis, mas o carnaval não. Então, onde precisamos investir mais agora? Temos a Universidade UnirG e devemos investir mais em congressos e eventos tecnológicos. É possível trazer excelentes palestrantes, referências, sem um custo tão alto. Assim, você lota a cidade, fomenta a economia e gera renda, além de levar informação para as pessoas. É uma questão de custo e benefício. Gurupi precisa pensar fora da caixa e refletir sobre o que deve ser feito para acompanhar outras cidades", destacou Cristiano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Gurupi, TO
Atualizado às 02h03
22°
Tempo limpo Máxima: 35° - Mínima: 19°
21°

Sensação

2.8 km/h

Vento

42%

Umidade

Anúncio
Municípios
Anúncio
Últimas notícias
FÉCOMERCIO 2
CLINICA
Mais lidas
FECOMERCIO 01
Anúncio