diálogo

Governador em exercício, Amélio Cayres, recebe representantes dos povos indígenas e discute a TO-010 em Tocantínia dentre outras demandas

Na ocasião, representantes indígenas afirmaram que já existe consenso para construção do trecho da rodovia TO-10, no território indígena no município de Tocantínia

02/07/2024 10h51
Por: Redação

O governador em exercício, Amélio Cayres, recebeu na tarde desta segunda-feira, 1º de julho, o secretário interino da Secretaria de Estado dos Povos Originários e Tradicionais (SEPOT), Paulo Waikarnãse Xerente; o coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins, Haratumã Javaé; o representante da Funai no Tocantins e presidente do Conselho Estadual de Educação Indígena, Adriano Karajá; e o diretor de Educação dos Povos Originários da Secretaria da Educação (Seduc), Amaré Gonçalves Brito. Na ocasião, eles discutiram demandas nas áreas da saúde, educação e estradas, como é o caso da TO-010, que corta o município de Tocantínia, além de assistência social das comunidades indígenas do Tocantins.

A reunião era um pedido do governador Wanderlei Barbosa com os representantes dos povos indígenas para tratar, principalmente, das melhorias dos acessos às terras indígenas e, automaticamente, levar outras demandas importantes para essas comunidades. “É a vontade do Governo do Tocantins promover melhorias das estradas que cortam as terras indígenas e outras demandas dessa população em todo o Estado. Uma solicitação que entendo ser muito importante é a rodovia TO-010, mas não se faz nada lá sem essas discussões necessárias. Vocês podem contar conosco para o que for possível”, pontuou o governador em exercício.

O secretário de Estado interino dos Povos Originários e Tradicionais, Paulo Waikarnãse Xerente, explicou que essa reunião foi importante para tratar de projetos já discutidos com a coordenação do Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins e foi possível tratar preliminarmente de várias ações já projetadas, em especial a questão da TO-010, que constitui uma importante demanda por parte da Sepot. “Essa demanda está bem alinhada com o Governo do Tocantins, com a Funai e já existe um consenso com as lideranças indígenas sobre a questão. Eles já estão esperando acontecer. Agora vamos apresentar o plano de trabalho para também melhorar as estradas vicinais, as pontes, tanto dos territórios indígenas como dos quilombolas, que são ações já cobradas pelo próprio governador Wanderlei Barbosa, que tem pressa por essas ações para melhorar a qualidade de vidas desses povos”, frisou o secretário.

O coordenador estadual do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), Haratumã Javaé, entende que a reunião foi importante porque a entidade está trabalhando juntamente com o Governo Federal, Governo do Tocantins e os municípios para levar os benefícios para a comunidade  indígena. “A nossa gestão vai do sistema de água à infraestrutura, unidades de saúde, educação de outras. A infraestrutura viária é fundamental, porque o que acontece é que para realizar determinadas obras é preciso ter o acesso facilitado, caso contrário as empresas contratadas terminam desistindo. Com a melhoria das estradas podemos realizar parcerias com a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) para a perfuração de poços artesianos, com a Seduc, com a Agência de Transportes, Obras e Infraestrutura e certamente vamos alcançar os nossos objetivos”, comentou.

 

“A gente sai feliz diante dessa conversa aqui com o governador em exercício Amélio Cayres, porque demonstra o compromisso que o Governo do Tocantins tem com os povos indígenas. Hoje a gente avançou bastante nas discussões, tanto na educação quanto na saúde e em todas as áreas. O compromisso que a gente fala do Governo é quando a gente vê indígenas ocupando os determinados cargos em determinados setores. Então o Governo está de parabéns, a gente sabe que ainda há muito a se avançar nos territórios, mas o que já é feito já merece os parabéns dos povos indígenas”, salientou o representante da Funai no Tocantins e presidente do Conselho Estadual de Educação Indígena (CEEI), Adriano Karajá, também presente.

O diretor de Educação dos Povos Originários e Tradicionais da Secretária de Estado da Educação (Seduc), Amaré Gonçalves Brito, destacou que a reunião foi uma oportunidade de reunir os líderes indígenas que estão no Governo do Estado nas áreas da educação, dos povos originários e tradicionais, Distrito Sanitário, Funai para uma agenda com o governador em exercício Amélio Cayres. “Nessa agenda com o governador em exercício a gente pode debater um pouco das demandas, principalmente a questão dos acessos às aldeias, o saneamento básico, abastecimento de água, bem como, os desafios que enfrentam as comunidades indígenas e as parcerias para buscar melhorias, para estabelecermos um novo cenário e mudanças que tragam benefícios para as comunidades indígenas do Estado”, pontuou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Gurupi, TO
Atualizado às 21h03
25°
Tempo limpo Máxima: 34° - Mínima: 18°
24°

Sensação

2.7 km/h

Vento

30%

Umidade

Anúncio
Municípios
Anúncio
Últimas notícias
CLINICA
FÉCOMERCIO 2
Mais lidas
FECOMERCIO 01
Anúncio